”Próxima reunião da Câmara Temática às 19 horas, Casa da Cultura”

domingo, 30 de junho de 2013

Farmacologia Humana da Hoasca (Ayahuasca)

Farmacologia Humana da Hoasca, Planta Alucinógena Usada em Contexto Ritual no Brasil - Uma investigação biomédica em cooperação multinacional dos efeitos da hoasca (ayahuasca), uma potente decocção de plantas alucinógenas, foi conduzida na Amazônia brasileira durante o verão de l993. Esta comunicação descreve os achados psicológicos de membros filiados há 15 anos de uma religião sincrética que utiliza a hoasca legalmente como sacramento, assim como de l5 indivíduos-controle sem história anterior de ingestão da hoasca. Avaliações administradas a ambos os grupos incluíram entrevistas para diagnóstico psiquiátrico estruturado, teste de personalidade e avaliação neuropsicológica. 

Achados fenomenológicos dos estados alterados de consciência, bem como entrevistas semi-estruturadas e abertas de histórias de vida foram conduzidas com o primeiro grupo, mas não com o grupo controle.  Achados significativos incluíram a remissão de psicopatologia após início do uso da hoasca, sem evidência de deterioração da personalidade ou cognitiva. Avaliação global revelou status funcional elevado. atribuído pelos indivíduos ao uso ritual do seu sacramento psicoativo, hoasca. Implicações deste fenômeno não usual e necessidade de investigação futura são discutidas. 

Farmacologia Humana da Hoasca - Estudos Clínicos - Avaliação Comparativa Basal entre usuários do Chá Hoasca de longo prazo e controles. Avaliações fisiológicas dos efeitos agudos pós ingestão do Chá Hoasca 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

7º Arraial da Paz

O Centro Espírita e Culto de Oração “Casa de Jesus - Fonte de Luz” entidade religiosa sem fins lucrativos, de Utilidade Pública no âmbito Estadual e Federal, há 68 anos presta assistência espiritual e social à população de Rio Branco, nas conhecidas "Obras de Caridade". Todo o trabalho do Centro é realizado gratuitamente e a sua manutenção é feita através de doações voluntárias de seus membros e visitantes.
Este ano, em sua 7ª edição, o Arraial da Paz será realizado com objetivo de possibilitar a recuperação de equipamentos e realizar benfeitorias no espaço visando, cada vez mais, melhorar as condições de atendimento às pessoas que demandam seu serviços.

O evento se dará nos dias 12 e 26 de julho de 2013, a partir das 17h30, na sede da igrejinha, à Rua São Sebastião nº 524, Vila Ivonete e será promovido pela irmandade, com a colaboração de muitos amigos e simpatizantes, que estão se empenhando para proporcionar duas noites com a qualidade e organização sempre bem elogiada.

Nas barracas serão servidos deliciosos quitutes, comidas típicas como a rabada e o pato no tucupi, tacacá, galinha picante, pirarucu à casaca, churrasquinho, além de uma variedade de salgados e doces, açaí cremoso, chocolate quente especial, sucos, água de coco e refrigerantes.

Também haverá amplo estacionamento, serviços de segurança, diversões como o pula-pula e a pescaria pra criançada, pau de sebo, além de um bazar de roupas e acessórios previamente selecionados e, ainda, correio elegante e apresentação das crianças, candidatas à Sinhazinha da Paz.

Nas duas noites haverá, além dos tradicionais bingos de galinha, os bingos de dois garrotes, fogão, geladeira duplex, tablet e notebook e as cartelas já estão sendo vendidas, por apenas R$ 10,00; o preço antigo foi mantido, para possibilitar a participação de todos.

Dentre as atrações artísticas, haverá, na primeira noite, a apresentação da quadrilha vencedora do Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas e, na segunda noite, um delicioso forró, gentilmente ofertado para alegria e descontração dos nossos amigos visitantes.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Convidamos os senhores, suas famílias, amigos e seguidores da doutrina do Santo Daime a participar da Palestra com o Dr. Hélio Gonçalves, com o título “Hoasca, Uso Ritual e Visão Bioquímica”.


O Dr. Hélio Gonçalves, é médico especialista em Homeopatia e pertence ao Quadro de Mestres da União do Vegetal , sendo sócio do Núcleo Rei Inca, em Goiânia e ex-Diretor do Departamento Médico da UDV.

Informamos que a palestra é aberta a todas as pessoas interessadas, pois tem por objetivo principal esclarecer a todos quanto ao aspecto da inofensividade do Vegetal (Ayahuasca) ao Ser Humano.

A palestra acontecerá no Auditório da Secretária de Educação, na Rua Rio Grande do Sul, Bairro Preventório, no dia 19 de junho (quarta-feira), com início às 20h.

Participe, convide a todos os seus amigos e auxilie a ampliar o conhecimento a respeito deste assunto de tão grande importância à sociedade de modo geral.

Atenciosamente,
Márcio Dagnoni
Membro da UDV

segunda-feira, 10 de junho de 2013

50 Anos da Escola São Francisco de Assis

Juarez Duarte Bomfim
Sociólogo

Em 1945 Mestre Daniel Pereira de Mattos se instalou na Vila Ivonete (Rio Branco-Acre), nas margens de uma estrada do seringal Empresa, em área pertencente ao Capitão Manuel Julião de Souza, seu compadre.

Ao lado de sua humilde casinha Daniel ergueu uma pequena capela voltada para o nascente, medindo mais ou menos 3X5m, uma construção rústica de taipa e paus roliços, coberta de palha, e a consagrou a São Francisco das Chagas.

Esta Igrejinha era chamada de “capelinha” pelo Mestre Daniel e passou a ser conhecida como Capelinha de São Francisco pelos seringueiros e caçadores da região que, junto com seus familiares, procuravam aquele senhor pretinho de óculos para aconselhamentos, rezas em crianças e lhes tirar panema. Seus trabalhos espirituais eram realizados com a bebida sacramental Daime, ou ayahuasca, usada desde tempos imemoriais pelos indígenas da Amazônia Ocidental.

Em torno da capelinha e da casa do Mestre Daniel foi se constituindo uma comunidade religiosa, participante dos trabalhos espirituais. Um padre católico amigo da Missão, que a conheceu no início dos anos 1960, compara aquela comunidade a uma espécie de mosteiro franciscano.

Acontece que as crianças das famílias que frequentavam o Culto de Oração do Mestre Daniel e de seus sucessores, sofriam discriminações e preconceitos nas escolas em que estudavam, por serem filhos de pais que comungavam do Daime. Isso levou os participantes da Capelinha a se organizarem para fugirem dessa perseguição.

Em 1963, o vice-presidente da instituição, denominada Centro Espírita e Culto de Oração “Casa de Jesus “Fonte de Luz”, o sr. Manuel Hipólito de Araújo (1921 — 2000) toma a iniciativa de dar aulas para as crianças da comunidade no próprio terreno da Igreja.

Assim surgiu a Escola São Francisco de Assis: na sala de sua casa, uma taperazinha de quarto e sala construída em taipa e coberta com latas de querosene abertas, medindo quatro metros de largura por seis de comprimento.

Ali, Manuel Araújo morava e lecionava. A escola primária improvisada teve inicialmente aulas noturnas e, depois, diurnas.

— Quando eu estava aí com 30 alunos debaixo de uma taperazinha coberta de lata de querosene, dentro de uma sala, eu chamei o governador aqui, Jorge Kalume, e mostrei a ele em que condições eu estava procurando ajudar os nossos irmãozinhos em idade escolar.

— Manuel, eu particularmente vou lhe dar 40 mil cruzeiros pra você iniciar uma escola de alvenaria aqui pra você.

Com o recurso disponibilizado e mais alguns operários cedidos para a obra, imediatamente Manuel Araújo começou a construção da escola, de propriedade da Missão de Frei Daniel.

Com o passar dos anos, a Vila Ivonete foi perdendo a sua condição de área florestal, com uma rápida urbanização. A partir de 1967, a escola ampliou o seu atendimento para as crianças dos bairros que vão se formando ao redor da Igrejinha do Daime, tornando-se referência de apoio educacional.

A escola foi registrada na Secretaria de Educação e, posteriormente, assinado um convênio que formalizou a cessão para o governo. A direção da escola se manteve sob a responsabilidade deste Centro Espírita e Culto de Oração — que foi registrado no CNSS (Conselho Nacional de Serviço Social) no ano de 1970.

O irmão Manuel Araújo se manteve na direção da Escola São Francisco de Assis até o ano de 1981. Atualmente, ela é um complexo educacional consolidado que atende a 300 crianças, matriculadas da 1ª à 5ª Séries do Ensino Fundamental.

Hoje, 10 de junho de 2013, aniversário de nascimento de Manuel Hipólito de Araújo, comemoram-se também os 50 Anos da Escola São Francisco de Assis I. Os festejos começaram cedo e vão se estender por todo o dia.

Esta é uma história de abnegação e entrega do Padrinho Manuel ao auxilio fraterno. O seu lema sempre foi e é “fazer o bem sem olhar a quem”.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

23º Arraiá da Amizade

Veja os convites abaixo. Você não pode faltar!
Participe:
Contatos pelos telefones: 9991.1888 e 9211.0333